Fique por dentro do

mundo angelus

Gestão
< Voltar

A profissão dentista mudou! Você já parou para pensar?

Angelus | 28 de outubro de 2019

Muitas vezes, em momentos de crise, as incertezas sobre a vida profissional atual e futura ficam mais evidentes.

A névoa ocasionada por tantas conjecturas, turva a visão e impede o olhar para algumas oportunidades que estão latentes e podem ser aquecidas.

O mercado odontológico brasileiro é o maior do mundo em número de dentistas.

Perto de um quarto dos dentistas do mundo está no Brasil. O que se observa, no entanto, é a alocação desses profissionais em grandes centros, se canibalizando. E, por outro lado, existem áreas completamente desassistidas de profissionais.

Uma migração para o interior, para cidades de pequeno porte e/ou para regiões mais afastadas dos grandes centros, pode proporcionar um trabalho muito mais rentável do que a permanência em centros onde todos estão se batendo para conseguir um novo cliente.

Como fidelizar pacientes? Confira nossas 11 melhores dicas

Qual a importância da contabilidade para dentistas? Descubra!

6 regras do marketing odontológico que você deve saber

Existe cooperativismo odontológico?

Sim! Outro movimento que ficou evidente nas últimas décadas foi o cooperativismo odontológico, mas não no bom sentido na maior parte dos casos. Aquela agremiação que traz benefícios para todos é muito saudável. Mas, o excesso de profissionais em determinadas regiões, vem despertando um oportunismo nocivo, que faz da Odontologia uma condição de subemprego.

Existem alternativas a isso, e é preciso enxergar a profissão além das portas do consultório.

Uma frente de trabalho que ainda está em desenvolvimento, e que vai marcar uma nova era na Odontologia, é a incorporação de dentistas dentro da indústria odontológica.

Nesse segmento, o dentista tem a possibilidade de não apenas desenvolver a sua profissão, mas auxiliar no aperfeiçoamento dos materiais e das técnicas preconizadas. Empresas feitas de dentistas para dentistas podem se beneficiar muito com essa nova maneira de pensar.

Novas oportunidades crescem em diferentes mercados

Olhar de um modo diferente para as áreas mais técnicas e administrativas da Odontologia, pode contribuir também para a mudança do status atual da profissão no mercado. Existe uma carência de profissionais qualificados em áreas diversas como órgãos governamentais da saúde, agências regulatórias e certificadoras e, até mesmo, em setores de compra de diversas instituições. A falsa impressão de que são áreas menos “importantes”, faz com que cargos que deveriam pertencer ao profissional da Odontologia sejam delegados a outras áreas que não possuem a competência técnica para uma avaliação mais criteriosa. E isso gera, no decorrer do processo, uma interferência do próprio tratamento realizado.

Dentro desse contexto, uma área que ainda é uma frente de trabalho pouco procurada, é a Odontologia Hospitalar. Sempre apontada como uma carência, se tornou, desde 2015, uma obrigatoriedade, mas poucos ainda sabem disso. A assistência do dentista dentro de um trabalho multidisciplinar em internações hospitalares melhora não só a condição de saúde devido à prevenção de infecções, mas também diminui o tempo de internamento do paciente.

O trabalho existe! Aumente sua visão do mercado e as oportunidades vão surgir!

Para ficar por dentro de mais conteúdos como esse, siga nossos perfis nas redes sociais Instagram, Facebook, LinkedIn

Texto por: Lygia Madi