Fique por dentro do

mundo angelus

Gestão
< Voltar

O que são cimentos reparadores biocerâmicos? Entenda como são usados!

Angelus | 22 de janeiro de 2021

A tecnologia visa facilitar e otimizar as mais diversas tarefas existentes, e na odontologia isso não é diferente. Materiais e técnicas inovadoras permitem aos profissionais a execução de procedimentos mais eficientes e com alto grau de sucesso, como é o caso dos cimentos reparadores biocerâmicos.

Esses produtos oferecem diversas vantagens nos tratamentos endodônticos, principalmente, no que se refere à facilidade de uso, às diferentes aplicações, ao fácil escoamento e principalmente em relação a resposta biológica.

Entender mais sobre como esses materiais podem ser utilizados é importante, para que o dentista consiga oferecer melhores resultados e a satisfação dos pacientes.

Pensando nisso, convidamos o professor e especialista Héctor Rodrigues — coordenador científico da Akkad – Centro de Estudos Endodônticos — para esclarecer as principais dúvidas. Para conferir, basta continuar a leitura!

O que são cimentos reparadores biocerâmicos e para que servem?

Os materiais biocerâmicos são cada vez mais utilizados tanto na área médica quanto na odontológica, por conta da sua capacidade de regeneração. Dessa maneira, eles são capazes de impedir a atividade bacteriana, evitando assim a recolonização de microrganismos.

Eles podem ser classificados entre bioativos e bioinertes, de acordo com sua capacidade de interação com os tecidos. Os bioativos estimulam a reparação, já os bioinertes não têm efeitos fisiológicos ou biológicos. Dentro da odontologia, o professor e especialista Héctor Rodrigues define os cimentos reparadores biocerâmicos como “materiais que atuam nos sistemas biológicos (tecidos, órgãos) com o objetivo de promover reparo na região.” 

Quais os principais benefícios dos cimentos biocerâmicos?

Segundo o professor e doutor, os cimentos biocerâmicos foram desenvolvidos porque os materiais existentes no mercado não tinham as características ideais para vedamento e bioatividade, sendo que a maioria dos fracassos endodônticos ocorrem como resultado de substâncias irritantes nos canais.  

O cimento biocerâmico oferece diversas vantagens, em comparação com outros materiais disponíveis no mercado. Eles promovem a formação dos tecidos nas áreas lesionadas, estimulando a regeneração tecidual. Além disso, apresentam propriedades antibacterianas e antifúngicas, alta radiopacidade e ótimo escoamento. A seguir, veja outras vantagens:

  • Capacidades osteoindutiva e osteoindutora;
  • Vedação hermética;
  • Formação de ligação química com a dentina;
  • Reparação tecidual mais rápida.

Além disto, o procedimento é mais rápido, pois há uma facilidade de uso em comparação com outros tipos de material. Como promove uma menor resposta inflamatória, consequentemente, há menos dor e desconforto no pós-operatório.

Quais são os tipos de cimentos reparadores biocerâmicos da Angelus e suas principais características?

A Angelus está sempre em busca de inovações tecnológicas, para trazer soluções em odontologia que otimizam o trabalho dos profissionais e proporcionam resultados ainda mais satisfatórios. Quando falamos em cimentos reparadores biocerâmicos, ela disponibiliza os seguintes tipos:

  • MTA Angelus: manipulado com água destilada;
  • MTA Repair HP: manipulado com um líquido próprio, que tem como base um plastificante (pvp) — que proporciona facilidade de manipulação e inserção do produto na cavidade;
  • BIO-C Repair: cimento reparador pronto para uso. Devido à grande facilidade de trabalhar com esse material, é o de escolha do professor Héctor Rodrigues, no dia a dia. 

Quais as indicações dos cimentos reparadores biocerâmicos e seus principais benefícios?

De acordo com o professor e especialista Héctor Rodrigues, os cimentos biocerâmicos são utilizados na endodontia em perfurações, capeamentos pulpares, pulpotomia, apcificação, reabsorção radicular e retrobturações. Por serem cimentos bioativos, induzem a reparação pela diferenciação de fibroblastos em odontoblastos, osteoblastos e cementoblastos. 

Afinal, como os cimentos reparadores biocerâmicos são utilizados?

Essa é uma dúvida muito comum, até mesmo entre os profissionais mais experientes. Quem responde essa questão é o nosso entrevistado.

“Os cimentos reparadores são inseridos na região, com o auxílio de um instrumental ou um porta MTA e compactados com um condensador de Shilder, promovendo o vedamento e, então, inicia-se o processo de presa e reparo, devido à bioatividade.”

Os cimentos biocerâmicos são os materiais mais inovadores do momento para tratamentos endodônticos?

O professor e especialista Héctor Rodrigues é categórico ao afirmar que os cimentos biocerâmicos são os materiais mais inovadores do momento para os tratamentos endodônticos. Veja.

“Nos últimos anos, a endodontia passou por muitas evoluções técnicas, mas, biologicamente, os cimentos biocerâmicos são, sem dúvida, a mais importante. A bioatividade desse material é responsável pelo alto índice de sucesso nos tratamentos.”

Sobre o BIO-C REPAIR, o que ele tem de especial? Por que é considerado a melhor solução para ser utilizada em consultórios?

O BIO-C REPAIR da Angelus é um cimento reparador biocerâmico pronto para uso. Dessa maneira, ele elimina a etapa de manipulação que, em muitos momentos, é algo crítico no consultório odontológico. Com ótima consistência, o material facilita o manuseio e a inserção no local desejado. Confira o que o professor e especialista Héctor Rodrigues diz sobre o produto.

“O BIO-C REPAIR apresenta partículas muito pequenas, em torno de 2 µ, o que leva a uma reparação mais rápida, devido à interação do material com os tecidos biológicos. Por este motivo, é o cimento reparador de minha escolha.”

Como você pode ver, os cimentos reparadores biocerâmicos são, sem dúvidas, a melhor opção nos tratamentos endodônticos, por conta de todos os seus benefícios. Entre os melhores do mercado, está o BIO-C REPAIR, que traz a inovação e a qualidade já reconhecida da Angelus.

Quer saber mais sobre esse produto? Então, acesse a página para conhecer as indicações e as vantagens de utilizar o BIO-C REPAIR em seu consultório!