Fique por dentro do

mundo angelus

Como fidelizar pacientes? Confira nossas 11 melhores dicas
Gestão
< Voltar

Como fidelizar pacientes? Confira nossas 11 melhores dicas

Angelus | 4 de setembro de 2020

Você sabe que fidelizar pacientes pode ajudar sua clínica odontológica a crescer? Quando o público é bem recepcionado e encontra soluções assertivas, ele prefere fazer seus tratamentos no mesmo lugar e ainda indica o profissional.

Assim, não faltarão consultas agendadas. Quando fidelizamos os pacientes, atrair novos não se torna uma questão de sobrevivência no mercado, mas sim uma estratégia de crescimento.

Porém, para que eles retornem é preciso se atentar a pontos cruciais para que o atendimento desperte a satisfação do cliente. Neste artigo listamos dicas para que você ganhe a confiança e admiração do seu público.

Continue lendo e confira o que é preciso fazer para que seus pacientes não troquem sua clínica por nenhuma outra e ainda ajudem a divulgar o seu trabalho!

1. Ofereça uma boa recepção

O primeiro contato que as pessoas têm com a sua clínica é essencial para causar uma boa impressão. Não há como fidelizar pacientes quando são mal recepcionados por sua equipe. Por isso, a necessidade de estar atento e aprimorar a maneira de recepcioná-los nesse momento inicial.

Seus colaboradores precisam estar bem treinados para receberem todos com cordialidade. É importante que as pessoas se sintam acolhidas e que o profissional demonstre interesse em solucionar o problema que as fez procurarem seus serviços. Educação, empatia e presteza são fundamentais na fidelização do cliente.

2. Facilite a comunicação

Os pacientes não podem ter dificuldade para entrar em contato com a sua clínica. Para que isso não aconteça, mantenha os canais de comunicação sempre atualizados.

Disponibilize telefone fixo, celular, e-mail, redes sociais, aplicativo de mensagens, chat e outros. Em caso de mudança de endereços ou telefone para contato, informe previamente todos os pacientes da mudança.

3. Viabilize os tratamentos

É interessante trabalhar com valores adequados para tornar os tratamentos viáveis para seu público. Não se trata de desvalorizar o seu serviço, muito menos precificá-los abaixo do mercado. Procure o melhor custo-benefício para você e sua clínica e disponibilize diversas formas de pagamentos.

Alguns tratamentos são menos custosos, mas outros podem pesar para o paciente. Então, para facilitar, uma alternativa é trabalhar com cartões. Você também pode atender por convênios, sugerir descontos quando atende vários membros da família e adotar outras estratégias que estimulem as pessoas a escolherem sua clínica.

4. Evite atrasos

Acredite, não há como fidelizar pacientes se eles precisam ficar esperando muito tempo para serem atendidos. A demora e a espera não agradam a ninguém. Por isso, procure evitar os atrasos, pois demonstra falta de organização e pouco profissionalismo. Também é um desrespeito com a pessoa, que se programou naquele horário e pode ter seus compromissos pessoais afetados.

5. Mantenha uma agenda organizada

Sua agenda de consultas deve estar muito bem estabelecida a fim de manter os horários organizados. É fundamental que sua equipe saiba os dias em que está disponível, além de calcular o tempo médio dos procedimentos para que os pacientes não precisem ficar aguardando.

É fato que imprevistos ocorrem, como um atendimento de emergência, um problema pessoal. Também acontece de um paciente demandar mais de tempo do que o esperado. Contudo, esses casos devem ser esporádicos para não causar um desconforto aos pacientes que tiveram seus horários agendados.

6. Ouça antes de falar

O paciente que vai ao consultório tem algum problema e espera que o profissional escute suas queixas. Portanto, dê abertura para que a pessoa relate o que está sentindo e deixe-a à vontade para expressar suas inseguranças, medos, expectativas e dúvidas (sem minimizá-los).

Depois de ouvi-lo, exponha seu parecer com mais propriedade. Ao fazer isso, você ganha a simpatia da pessoa e conhecerá um pouco da sua personalidade. É um momento importante para definir como o tratamento deve ser conduzido deixando o paciente acolhido, seguro e à vontade.

 7. Preste um atendimento humanizado

O atendimento humanizado consiste em criar uma relação mais próxima com o seu público. Trata-se de mostrar que você e sua equipe se preocupam em solucionar os problemas do paciente e que desejam atender suas expectativas e proporcionar uma experiência mais agradável. Portanto, se atente para alguns pontos:

  • Escute o que o paciente tem a dizer;
  • Pratique a empatia, ou seja, se coloque do lugar dele;
  • Valorize as queixas do paciente;
  • Demonstre interesse e que você está disposto a ajudar.

 8. Seja claro e objetivo

Em função do modo como os profissionais são formados, a tendência é que você se expresse por meio de termos técnicos. Porém, ao atender seus pacientes, é necessário adequar o vocabulário de forma mais leiga, clara e objetiva.

A profissão coloca você diante de pessoas comuns, então é essencial explanar com clareza para que elas não fiquem confusas ou com medo. Considere que nem todos se sentem à vontade para dizer que não entendeu o que foi explicado. Isso causa um distanciamento entre as partes, o que dificulta a fidelização.

 9. Monte um ambiente agradável

O ambiente também faz toda a diferença para fidelizar pacientes, porque influencia o modo como as pessoas se sentem. Sua clínica deve ser agradável, organizada, limpa, ter um belo visual e conter elementos que tragam tranquilidade para o espaço.

Estabelecimentos da área da saúde tendem a ser frios, monótonos e tristes. Evite que isso aconteça com a sua clínica. Procure escolher uma decoração que seja acolhedora e que não cause ansiedade ou insegurança nos pacientes.

10. Invista em tecnologia

Ter a tecnologia como aliada é uma excelente estratégia para manter os seus pacientes próximos. As soluções atuais podem ser implementadas em todos os setores da clínica, desde o agendamento de consultas até os procedimentos clínicos. Os benefícios promovidos por essas inovações são vários, como:

  • Boa gestão;
  • Mais organização;
  • Otimização do tempo dos processos;
  • Reduz os erros;
  • Melhora a qualidade dos resultados dos tratamentos.

Os pacientes ficam satisfeitos com a maneira como são atendidos e com os resultados alcançados. Logo, têm mais segurança para agendarem novas consultas.

11. Faça o pós-atendimento

Uma estratégia sobre como fidelizar pacientes, dificilmente praticada pelos profissionais de odontologia, é o pós-atendimento. Funciona basicamente como o pós-venda, e consiste em manter contato com a pessoa imediatamente após a conclusão do tratamento.

Pergunte por exemplo se está sem dor após um tratamento de canal, se a prótese recém instalada está confortável, se não houve dor pós-cirúrgica. O intuito que se sintam valorizadas.

Uma boa prática é também enviar mensagens em datas especiais como Dia das Mães, dos Pais, das Crianças, Natal, Páscoa, aniversários e outros. Dessa forma, a clínica cultiva uma relação positiva com seu público para que dê preferência a você, que está sempre por perto.

Percebeu como fidelizar pacientes não é difícil? O caminho é manter um espaço agradável, acolhedor e bem estruturado, e prestar um atendimento que faça as pessoas se sentirem únicas, acolhidas e valorizadas. Assim, saberão que podem contar com você e que em sua clínica seus problemas são solucionados com respeito e profissionalismo.

Gostou das nossas dicas? Então compartilhe este artigo em suas redes sociais para que seus colegas e parceiros também aprimorem suas estratégias!

4 dicas eficientes para a gestão do seu consultório!Powered by Rock Convert