Fique por dentro do

mundo angelus

Consultório odontológico: equipamentos, instrumentos e materiais essenciais
Gestão
< Voltar

Consultório odontológico: equipamentos, instrumentos e materiais essenciais

Angelus | 17 de julho de 2019Você, dentista, está pensando em montar seu consultório? Sabemos que não é fácil o processo inicial. Colocar um projeto em prática exige conhecimento e informações importantes para que os primeiros passos sejam dados corretamente, o que inclui providenciar todos os equipamentos odontológicos necessários.Existe um manual da Anvisa que determina quais são os parâmetros a serem seguidos no âmbito da infraestrutura física, como dimensões, instalações e posicionamentos. Mas, como saber o que é necessário para montar um consultório?Neste artigo, vamos falar sobre equipamentos odontológicos, instrumentos e materiais que são indispensáveis para o funcionamento e gestão do consultório. Então continue a leitura e fique por dentro do assunto!

Qual a importância da montagem do consultório?

Antes de abordarmos especificamente cada aspecto mencionado acima, vamos entender a importância de realizar corretamente a montagem. De fato, o trabalho do dentista é beneficiado quando se tem no consultório cada item essencial para o atendimento.Um local bem equipado oferece as condições ideais para a assistência que será prestada. Dessa forma, o paciente tem uma experiência muito melhor, em vista das condições ideais para ser assistido de maneira mais qualificada.Embora não seja o foco do artigo, não podemos deixar de dizer que isso também ajuda a atrair mais pacientes e fidelizar aqueles que já são. Agora que você já sabe a importância, vamos conhecer cada item necessário para a montagem do consultório!

Quais são os principais equipamentos odontológicos?

Primeiro, que tal considerar os equipamentos odontológicos? Sabemos que eles são responsáveis por compor a sala de consulta e oferecer uma estrutura ideal para o atendimento.

Cadeiras

A escolha da cadeira mais viável deve visar os seguintes aspectos: conforto, segurança e facilidade para higienização. Dessa forma, além de agradar ao paciente, a limpeza do equipamento estará de acordo com as normas de biossegurança preconizadas. Portanto, atente-se para entender se o material permite a higiene necessária.Além disso, é interessante optar por pedais que, associados à cadeira, permitam melhor mobilidade. Assim, o colaborador pode adequar o posicionamento para o procedimento que deseja realizar.

Refletor

O refletor é um equipamento que, apesar de parecer simples, sua composição pode ser crucial para os resultados. A primeira escolha para o dentista deve ser aquele cuja iluminação em LED não seja composta pela luz azul. Afinal, tal comprimento de onda torna precoce a polimerização das resinas.

Equipamento de RX

Quando se trata de radiografias, é preciso ter em mente que esse exame complementar é fundamental para uma melhor tomada de decisões. Além de auxiliar o profissional a estabelecer uma conduta, a radiografia é um meio visual para o paciente entender a condição de sua estrutura bucal.A praticidade aliada ao baixo custo de realização diário, faz com que um aparelho de raio X seja uma ótima opção para se ter no consultório, bem como uma câmara escura para a revelação de radiografias.

Fotopolimerizador

O fotopolimerizador é indispensável para um consultório odontológico e a escolha do melhor equipamento vai depender da área de atuação do profissional.Caso a intenção seja realizar uma ampla gama de procedimentos, é ideal optar por um aparelho mais versátil. Por outro lado, se você for especializado em determinada área, a escolha será conforme necessidades mais específicas.

Compressor odontológico

O compressor odontológico é um aparelho fundamental para o cotidiano de um dentista. A função do equipamento é oferecer ar comprimido para diversas finalidades.O requisito básico para esse aparelho é ficar em um local alternativo à sala de consulta, visto que costuma não ser nada silencioso. Complementando, a área deve ser limpa, ventilada e longe da umidade, a fim de evitar a contaminação.

Autoclave odontológica

Enfim, a autoclave odontológica é essencial para o dia a dia nos consultórios e clínicas. A escolha deve ser baseada na demanda do local, seja pelo uso de muitos instrumentos, seja pelo tamanho da equipe.O uso do equipamento em questão é obrigatório dentro do local, visto que há a necessidade de esterilização dos instrumentos utilizados. Além disso, não são mais permitidas estufas nesse contexto. Então, a autoclave odontológica é indispensável para os profissionais.

E quais instrumentos não podem faltar?

Pensando nos instrumentos a serem utilizados, devem ser consideradas as diversas funcionalidades de uso, como apenas um exame clínico básico ou a realização de procedimentos específicos.O espelho é indispensável em qualquer consulta. É encontrado na conformação plana ou côncava, de acordo com o campo visual necessário. A pinça clínica também é essencial, auxiliando no transporte de materiais até a boca do paciente.A sonda exploradora é muito utilizada para detectar cáries. Seu uso deve ser associado ao escavador, que permite avaliar o grau de acometimento daquela condição. Para concluir, as brocas são instrumentos fundamentais na maior parte dos procedimentos.O Hollemback é um esculpidor e as cubas são recipientes feitos de metal ou silicone, onde são depositadas algumas soluções. Outro instrumento necessário é a bandeja clínica, para acomodar os instrumentos durante a consulta. E, enfim, o conjunto de fórceps não deve ser esquecido.

Por fim, quais os materiais essenciais?

Os materiais essenciais para o dia a dia da assistência odontológica são os mais diversos. Vamos listar alguns deles, mas gostaríamos de reforçar o ponto principal no que diz respeito à compra: a quantidade.É interessante que os colaboradores tenham estimativas da demanda por aquele material em determinado período. Assim, vale a pena considerar a possibilidade de comprar no atacado, podendo receber algum desconto, sempre levando em conta a data de validade do produto.Confira a lista dos materiais mais utilizados:
  • anestésicos;
  • bicarbonato de sódio;
  • cariostático;
  • cimentos para cimentação provisória, obturadores e provisórios;
  • clorhexidina em diferentes concentrações;
  • cones de guta-percha e de papel absorvente;
  • cunhas de madeira;
  • dessensibilizante;
  • flúor;
  • soluções de hipoclorito de sódio em diferentes concentrações;
  • ionômero de vidro;
  • matriz metálica;
  • paramonoclorofenol;
  • pasta de polimento de resina;
  • pasta profilática;
  • resinas;
  • roletes de algodão;
  • selante;
  • sugadores;
  • tiras de lixa metálicas e poliéster.
Os equipamentos odontológicos têm os seus efeitos observados diretamente na qualidade da assistência prestada e na experiência do paciente. Tendo em vista tamanha importância, procure sempre adquiri-los em um bom fornecedor, que deve oferecer as melhores opções de mercado e com um custo-benefício compatível com o que o seu estabelecimento visa.Gostou do artigo? Então, siga-nos em nossas redes sociais para acompanhar nossos posts e novidades! Estamos no Facebook e no LinkedIn!
4 dicas eficientes para a gestão do seu consultório!Powered by Rock Convert